terça-feira, 2 de setembro de 2008

Vento

Sinto o vento batendo em meu rosto...
as marcas da vida vêm em minha direção
já não posso voltar atrás
mas caminho suavemente a frente
sigo os desejos profundos do meu coração

Olho, toco, sinto...

Vitórias, conquistas, desilusões...

Tudo agora já se foi
E tudo agora chegará.

Nenhum comentário:

Visitas desde 25/05/2009