quinta-feira, 13 de novembro de 2008

O começo

Outra que escrevi faz teeeeempo!
Escrevi no meu caderno, a mão, de lápis!



O começo
6-7-2004

Vou começar a escrever de lápis, porque qualquer erro que venha a cometer posso corrigir-me na mesma hora.
Fico pensando se seria bom podermos escrever nossa vida a lápis, para não deixar rasuras no caminho, ou se, na verdade, justamente a escrevemos de lápis, porque sempre temos a oportunidade de apagar alguns erros, escrever novamente, todos os dias, recomeçar um capítulo podendo corrigir o que não foi bom no anterior.
Já perdi a conta de quantas vezes repeti diante do espelho: “hoje vai ser diferente”. E na maioria das vezes foi, mas todas às vezes preciso me lembrar disso, de que eu sou a responsável para que algo realmente saia diferente. E cada dia que passa me ensina que cada manhã é um recomeço e que, como cada novo minuto, posso ser o que quiser, escrever minha história de maneira diferente ou simplesmente ser exatamente igual ao que fui ontem - o que nunca escolho, porque, como cada célula do meu corpo, sou um ser em eterna construção.
Algumas coisas são imprescindíveis que se escreva à caneta, Algumas precisam até de negrito, mas, o melhor de tudo, nessa nossa existência tão complexa, é poder, sempre, escolher a maneira de escrever nossa vida que mais se adapta a cada um de nós e poder sempre corrigir os nossos erros e enganos.
No final das contas, não precisei apagar quase nada do que escrevi.

2 comentários:

Kety disse...

Oiii amiga, ja estou com a seus miminhos praticamente prontos então pensei q não tem por q eu esperar pra te mandar, a hora q vc puder me mande seu endereço pois acho q semana q vem eu coloco no correio, acho que vc vai gostar pois preparei muitasss coisinhas fofas pra vc com muito carinho.
Beijinhos

Kety disse...

Fico muito feliz de saber do seu carinho e tb que esta gostando do tricô.
Beijos amiga, fica com Deus.

Visitas desde 25/05/2009