terça-feira, 29 de junho de 2010

Dependências

Putz! Estou dependente da minha dependente!
Vocês já se sentiram assim?

Como já falei antes, no post sobre amamentação, ela é pequeninha, mama pouquinho cada vez. E como ela é assim dengosinha, preguiçosinha, magrinha, fraquinha ainda, acaba dormindo enquanto mama. E nossa rotina fica assim: mama 5min, dorme 10min, acorda aos berros de tanta fome, mama dormindo mais 5min, cai no sono profundo por mais 10min, acorda e se dá conta de que está faminta e põe a boca no mundo! hihihihi

O bom é que ela dorme a noite toda.

Mas voltando a nossa rotina, hoje resolvi colocar ordem na casa. Fiz uma dose de complemento (tive que dar NAN como complemento logo que ela nasceu, pra recuperar peso) às 11h30min pra ela encher bem a barriguinha e dormir bem até a próxima mamada, que daí seria uma boa e regular mamada voltaríamos aos ciclos ditos "normais" de amamentação e sono de um bebê recém-nascido.

Após esses 40ml bem tomados, ela dormiu no colinho do papai, como um anjo. Foi pro carrinho e lá dormiu das 12h30min até às 14h30min, quando eu tive que acordá-la pra dar de mamar denovo, porque chegamos nas 3h regulamentadas para a mamada!

Adivinhem?.... Quem disse que ela quer acordar para mamar?? Putz! Mamou 20min com muito sacrifício e caiu no sono denovo. Agora são 16h10 e não tem nada que eu faça que possa acordá-la.

Bom, daí que eu me desespero: "minha filhinha não quer acordar para mamar!!! só quer dormir!!! Não acorda pra fazer escândalo de "tanta fome"!!!" Estou dependente da minha dependente!!!! Parece que ela não precisa mais de mim!!! Não precisa mais da minha fonte de alimento! Não precisa mais do meu colinho gostoso de mãe (não ta reclamando de dormir no carrinho)!!!  Parece que não se importa mais comigo, só porque eu pedi tanto pra ela não chorar daquela maneira quando era hora de mamar.

Buáááá´.................. hehehehe...

E o papai fica lá se vangloriando, que fez a filha dormir no seu "colinho mágico do papi".

Que bom, que bom que essa filha é tão amada e tem pais tão preocupados com ela. Assim, ela pode dormir tranquila, sabendo que terá muito leite de mamãe na hora que sentir fome e abrir o berreiro pra chamar a atenção.

E precisa chamar a nossa atenção??!!!! Já é toda dela!!!!! hehehe
.

segunda-feira, 28 de junho de 2010

Presentinhos em patchwork - made by me!!!!

Enquanto eu estava grávida, aproveitei meu tempo livre pra adiantar os presentinhos das aniversariantes de junho da minha família. Eu já havia postado o trilho de mesa que fiz pra minha mãe, e agora já posso postar os outros presentinhos que fiz.

Hoje, mostro o que fiz pra minha amiga e dinda da Lara, Márcia Mallmann, que fez aniversário dia 22.

Clique nas fotos para ampliá-las.



Antes...


Depois...


Essa é uma tolhinha para ela colocar no balcão do microondas.




Esse é para colocar a chaleira do chá, e tem cravo dentro, pra soltar um cheirinho bom quando ela colocar a chaleira quente em cima!




Aqui os dois juntos...



E aqui, pronto pra entregar!!!





sexta-feira, 25 de junho de 2010

Filosofia de botequim


Que mundo novo, cheio de informações diferentes, conflitantes, gostosas, confusas, etc, etc...

To falando da maternidade.

A vida muda mesmo, como todo mundo fala.

Descobri que gravidez é uma caixinha de surpresa, todo dia acontece uma coisa diferente.

Agora to descobrindo que na maternidade a gente muda de opinião todo dia. Exemplo: "Não vou acordá-la para mamar, porque ela fica irritada depois, chora muito". No outro dia: "Vou acordá-la para mamar, senão ela dorme o dia todo e não se alimenta". "Vou dar banho de manhã". "Não, às 14h". "Melhor às 16h". "Às 18h, um pouquinho antes da novela". "Às 21h e não se fala mais nisso".

E falando em amamentar, agora entendo porque tanta mãe desiste desse ato de amor e de entrega. Porque é uma entrega mesmo, a gente tem que entregar tudo para a criança: o tempo, o seio (que fica em frangalhos), a coluna, o sono... E dói!! Ah! Como dói! Não me venha falar que quando a "pega" é correta não dói, porque tudo no papel é maravilhoso. Primeiro que meu seio não tinha bico, to tendo que fazer um "na marra". Segundo que a boquinha da minha filha é tão pequenininha que ela não consegue abocanhar direito.

Amamentar também dá dor nas costas. Que depois te dá dor de cabeça. Sim, eu comprei uma poltrona de amamentação, que fica no quartinho dela, e que uso também, mas normalmente dou de mamar no sofá da sala. Ficamos em casa o dia todo eu e ela. Se eu for ficar olhando pras paredes enquanto dou de mamar... quem me conhece sabe.... eu vou enlouquecer!!!! 
Então ficamos olhando TV mesmo. Daí que é um pouco desconfortável, admito!

Mas enfim, amamentar é tudo de bom, sim! Saber que eu sou a fonte exclusiva de alimento da minha filhinha me deixa muito feliz!!! Manter esse contato tão próximo com ela, ver ela adormecer nos meus braços, abocanhada em mim e se sentindo segura, protegida e amada. Isso é a melhor coisa do mundo.

E adivinhem quando comecei a escrever esse texto? Enquanto amamentava. (Sempre fica uma mão livre!!! hihihhihi)

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Sexta-feira feliz!!!

Navegando pela net achei o site da Kika de Pano, que faz wrap slings. Amei e coloquei na minha lista do enxoval da Lara. Melhor do que comprá-lo, foi ganhar de presente da minha chefe. Valeu, Maura! Adorei!!!

E já estou colocando em uso! É ótimo, pois equilibra o peso do bebê, permite liberdade de movimentos da mamãe (ou de qualquer pessoa que carrega o baby) e ainda permite um aconchego pra lá de gostoso!!!

Querem ver o que é um wrap sling?.....

Estávamos esperando a dinda Karina com um chimarrão bem gostoso. Claro que o sling é bom, mas colinho de dinda é muuuuito melhor...


Ainda mais quando a dinda é prendada e traz presentinho que ela mesma fez....

...conjuntinho de casaco e sapatinho. Amei!!!!!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Fofoléti da mamy.......

quarta-feira, 9 de junho de 2010

Amar-se


Esse escrevi no dia 3-1-2005.
Amar-se
Tem um momento em que a melhor e única companhia que se quer é a sua própria. Não há solidão quando somos nossa melhor presença. Estar de bem consigo mesmo, amar-se, achar-se bonito, fazer sua comidinha preferida, ouvir uma boa música, ver um bom filme, ler um bom livro. Agradar-se, da mesma forma que agradamos aos nossos amores. Amar-se, ao contrário do que muitos pensam, não é um ato egoísta.
Amar-se significa respeitar-se, querer-se bem, agradecer a cada dia por todos os dias vividos, sejam bons ou maus, pois até os dias cinzentos têm algo de bom a nos oferecer.
Amar-se quer dizer se permitir. Permitir-se amar, tantas vezes quantas a vida nos permitir, apresentar-nos essa oportunidade. Permitir-se começar novamente, permitir-se rir e chorar nas horas necessárias. Permitir-se ser livre para tomar as próprias decisões. Permitir-se viver da forma mais intensa possível. Apaixonar-se, beber a água que rejuvenesce, ver o brilho do sol que ilumina nossos corações.
Amar-se é se entregar à vida com coragem e confiança, sabendo-se merecedor desse milagre, agarrando-se com unhas e dentes a esse presente divino que é viver.

sábado, 5 de junho de 2010

Era uma cegonha!!!!

Pois eu tinha até esquecido!!!

Mas aqui ta o resultado do enfeite de porta que euzinha fiz pra minha princesa Lara:


quarta-feira, 2 de junho de 2010

Ta difícil postar qualquer coisa. Aliás, abrir o note já é difícil. hihihi... Mas eu prefiro ficar com ela mesmo.
Mais uma foto pra vocês babarem.........

Com a roupinha de trico que a dinda Karina fez... (do blog da KK)


Visitas desde 25/05/2009