quinta-feira, 28 de julho de 2011

Atirem todas as pedras, mulheres inteligentes, desenvolvidas e donas do seu nariz....

decidi ser dona de casa!

Decidi ser dona de mim.

Antes, muito trabalhadora fora de casa e sem tempo pra fazer as coisas que gosto, era uma das mulheres que achava "o fim" as mulheres que não trabalhavam fora e ficavam só em casa cuidando de filhos, lavando roupas, cozinhando, arrumando... Enfim, continuo achando. hehehe

Mas acredito também que perdemos muita coisa depois que abandonamos nosso lar de vez.

E resolvi resgatar isso em mim. Resolvi resgatar a ternura e o cuidado de nossas ancestrais e cuidar da minha filha querida, cuidar do meu marido atencioso, cuidar de mim, cuidar da nossa casa, das nossas coisinhas!

Continuo sem saber cozinhar. Continuo sem fazer faxina. Continuo sem passar roupa. Mas agora me dou o luxo de ficar curtindo as travessuras da Lara, de fazer um almoço bacaninha de vez em quando, de manter a casa arrumadinha e aconchegante, que nos convida a ficar um pouquinho mais.

E continuo a trabalhar fora, fazendo o que gosto, colhendo os frutos dos trabalhos que desenvolvo com minhas mãos, sem deixar minha vida pessoal de lado.

Estou feliz com minhas escolhas. Muuuuito feliz!!!

2 comentários:

Karina K. disse...

Fazer escolhas com tranquilidade significa maturidade, serenidade e coragem. Parabéns, amiga!!!
Bjs

Zuleide Felisberto disse...

vc tá certa MArcinha!! isso se chama maturidade!!!
eu tb sempre fui bandeira femina: acho cúmulo mulher ficar em ksa!!..hahaha..
hje adoro qdo não preciso ir clinica pela manhã e fico em ksa, lavando, cozinhando...
mas detalhe: ainda continuo trabalhando fora..acho que é p/ ai..conciliar os 2!!
Apartir ano que vem vou começar atender em ksa, p/ ter amis tempo, meus artesanatos, minhas coisas!!
bjus !! adorei seus patchwork!!

Visitas desde 25/05/2009